Image Map

Imagine Niall Horan | Back For You (Pedido)

em 16 de maio de 2017 |




Pedido por: Cristina Dos Santos Amaral


Eu e Niall estávamos no último ano do colégio e namorávamos há dois anos, sempre fomos os nerds da escola, mas ao contrário de muitos que sofriam bullying nós nunca fomos agredidos por ninguém, e sempre ficávamos na nossa. Posso dizer que nunca brigávamos só quando defendíamos algumas ideias que divergiam em alguma matéria da escola.
Eram seis da manhã e escuto o despertador no meu ouvido, acordei com um pouco preguiça e levantei, senti o tapete macio nos meus pés o que me deu mais vontade de ficar ali no meu cantinho, mas tomei coragem e levantei, fiz minhas higienes matinais e coloquei minha roupa. Fiz um coque alto e desci pra tomar café, estranhei o fato de Niall não me mandar mensagem como ele fazia todos os dias, ultimamente ele estava estranho comigo, mas até ontem ele ainda me mandava mensagem, ignorei e fui pra escola.
Assim que cheguei logo vi Niall na entrada com umas roupas diferentes, com jaqueta de couro de um estilo despojado que ele nunca usou na sua vida, conversando com Charlie, o popular, o capitão do time de futebol. Estranhei o acontecimento porque Niall nunca conversou com aquele garoto que era responsável pela humilhação dos que não tinham o padrão ideal de acordo com o cérebro de amendoim que ele tem. Me aproximei para falar com meu namorado.

— Niall? — sorri e ele se vira sério para mim.

— (seu nome)! — Niall segura meu braço e me puxa até um canto.

— Você estava conversando o que com o Charlie? — perguntei inocentemente mesmo sabendo que a resposta é positiva.

— Podemos nos falar depois? Eu passo na sua casa hoje depois da aula. — ele deu um beijo rápido na minha bochecha e saiu com Charlie escola adentro sem esperar uma resposta.

Entrei na sala e Niall não estava no seu lugar costumeiro que ficava ao meu lado e mesmo que meus olhos tenham se fixado nele todo o caminho até minha mesa, sentei no meu lugar sem ao menos receber um olhar em troca. Foi assim o dia inteiro. Durante as aulas ele sequer me olhou, nos intervalos ele se escondia de mim o máximo que conseguia e pareceu funcionar, eu não o vi nem na hora de ir para casa, coisa que fazíamos juntos.
Minutos depois de eu ter entrado em casa, a campainha tocou.

— Oi! — Niall disse me olhando como se fossemos menos que amigos.

— Entra. — lhe dou espaço para ele entrar — Agora pode me falar o que aconteceu?

— Não podemos mais ficar juntos. — ele disse sem rodeios como quem diz que quer comer pizza.

— O que? Qual o motivo disso tudo? — meu olhar que estava fixo no chão tomaram a direção do rosto de Niall em busca de algum sinal de que ele iria rir escandalosamente dizendo que era uma piada.

— Eu mudei (seu nome). Roupas novas, amigos novos, coisas novas, então namorada antiga não cabe na mudança. — ele dispara mais uma vez.

— Tem a ver com o Charlie, né? Ele está obrigando você ou chantageando? — pergunto sentindo que vou chorar a qualquer momento.

— Tem a ver sim, mas ele não me obrigou a nada, eu que decidi terminar. Agora que eu tenho uma turma e vários amigos não posso ficar amarrado a você correndo o risco de ser ancorado na vida anti social que você tem.

— Não acredito que você está dizendo isso... Você costumava fazer parte disso e era muito melhor do que agora. — respiro fundo na tentativa de controlar as lágrimas — Presta atenção Niall, se você acha que aqueles garotos são seus amigos, você está muito enganado, amigos de verdade te aceitam sem que você precise de uma mudança, amigos de verdade não fazem você deixar de uma hora para outra sua namorada por causa de status na escola. Espero que você saiba que tudo isso acaba um dia, o colegial não dura para sempre e ser popular só te deixa sozinho e deprimido. Eu estaria aqui para você independente do que acontecesse, mas se você acha que minha companhia te puxa para um buraco, então espero que esses novos amigos dêem certo, espero que você seja muito feliz com eles. – abaixo meu olhar desviando do seu.

— (Seu nome) você não entende, não podemos ficar juntos com você continuando a ser assim... Eu posso pedir para as garotas te ajudarem a se arrumar, você vai ficar perfeita. — eu não podia acreditar que ele me propôs uma coisa dessa depois do que eu disse.

— Eu não vou mudar até que eu sinta que quero isso, eu achei que você fosse mais do que essas pessoas, Niall... Você deveria saber que independente do que você escolha, eu não mudaria a minha forma de ser e viver por sua causa quando você está sendo injusto comigo. — digo de forma calma — Por favor, você já pode ir agora... Não perca tanto tempo com uma pessoa que não vale a pena. — ele abriu a boca para dizer mais alguma coisa, mas eu apenas apontei para porta e ele pareceu entender porque logo passou por ela. Eu apenas não consigo acreditar que Niall sucumbiu a superficialidade e se tornou uma pessoa que respira e vive falsidade.

Semanas depois...

Completavam algumas semanas que eu e Niall havíamos terminado, e desde então eu percebia o quanto ele não estava feliz com aquele grupinho novo e que ele só fingia estar feliz. Eu estava na sala de aula quando tive a infelicidade de ver Niall entrando de mãos dadas com Amber, ele olhou diretamente para mim e desviou o olhar rapidamente. Eu só desejava correr para o mais longe possível daquele Niall que substituiu o meu Niall, mas eu não daria esse gostinho a essas pessoas.
No final de todas as aulas, como tem sido sido há algumas semanas, eu caminhava para fora em direção a minha casa completamente sozinha. De surpresa, tive meu braço segurado por alguém, o que me causou certo medo.

— Podemos conversar? — a voz de Niall me acalma ao mostrar que não era alguma pessoa com má intenção e logo me viro para olhar para ele, depois de soltar meu braço de sua mão e quebrar a proximidade.

— Eu achei que conversar comigo estava fora da sua agenda de populares...

— Por favor, am... Quero dizer... (Seu nome) — meu coração bateu mais forte ao ter um sinal que o velho e bom Niall estava ali ainda, talvez adormecido, mas ele não tinha sido perdido completamente.

— Você tem poucos minutos antes que algum de seus amigos nos veja juntos.

— Não vamos conversar aqui... Vamos pra outro lugar. – ele segura minha mão e me leva até a lanchonete na frente da escola.

— Você pode falar agora... — eu ainda estava confusa sobre o porquê dele ter me levado justo em um lugar de grande movimento das pessoas que frequentam a escola. Era para ser escondido, não?!

— Me desculpa pelo o que eu fiz... Eu apenas estava tentado a deixar de ser uma pessoa que só você enxergava, para ser uma pessoa respeitada e “aclamada" pelos outros. Eu não queria mais ser o Niall para você e um ninguém para os outros, eu queria me sentir valorizado e ter muitas pessoas a minha volta. — ele suspirou fechando os olhos — Eles apenas me queriam lá porque estavam todos abaixo da média, eu era apenas a solução para que todos não repetissem de ano... Eu sou tão burro que achei que finalmente eles haviam visto algo legal em mim.

— Niall, eu não sei nem o que dizer... – seguro sua mão – Você me magoou muito agindo daquela forma e me dizendo aquelas coisas... Você tem valor para mim como você é e não precisa agir como um idiota para ser aceito. Você sabe que poderia ter se aberto comigo sobre como se sentia, eu poderia ter tentado te ajudar de uma forma que não te deixasse arrasado como você está agora.

— Eu sei, eu tomei a pior decisão da minha vida deixando você que sempre esteve ao meu lado quando eu precisei... Só espero que você possa me perdoar. — ele deu um leve aperto em minha mão.

— Eu te perdoo Niall, mas quero que você saiba que as coisas estão muito recentes e não vamos voltar...

— Você aceita namorar comigo, de novo? — ele perguntou exibindo uma caixinha de veludo nas mãos e dentro dela havia duas alianças. A quem eu quero enganar? Eu amo o Niall.

— Sim meu amor, sim — digo com um enorme sorriso no rosto e ele me puxa para um beijo.

— Eu te amo, (seu nome) o meu erro me fez perceber que você é a garota certa e que não haverá outra.

E aqui estava o meu Niall novamente, perto de mim e nos meus braços, eu sei que ele é o meu Niall não apenas por estar comigo novamente, mas sim por ele não se importar com a forma que eu me pareço ou com que as pessoas vão pensar ao nos ver juntos.




O pedido era com o Harry, mas por um erro que eu cometi acabou sendo com o Niall. Desculpe.
Esse foi um imagine feito pela Lanah do Mullinganar Dreams com um pequeno toque meu. Esperamos que vocês gostem.
Obrigada por ter topado trocar pedidos, Lanah
















(eu estava com muita saudade dessa assinatura ^.^)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Hey! Obrigada por comentar! ♥
— Por favor, se comentar em anônimo deixe seu nome, apelido ou o que preferir no final do comentário como assinatura.
— Não use xingamentos e não desrespeite qualquer membro deste blog, desde leitores á autores.
— Comentários maldosos serão apagados.
— Críticas construtivas são bem aceitas.
— Cada um tem sua opinião, então respeite.
— Não esqueça que seu comentário nos anima a postar cada vez mais.