Image Map

Imagine Niall Horan | Hot

em | 7 comentários:


Eu tenho que me decidir. Preparada ou não? Niall não vai me esperar para sempre.  
Confusão total, porque eu simplesmente não sou como as garotas da minha idade? Porque eu sou tão medrosa? 
Decisão tomada. De útima hora, esperada à tempos.
Eu vou perder minha virgindade, com meu namorado é claro. Tenho 19 anos e nunca cheguei aos 'finalmentes'.
Niall: Oi amor! - disse assim que o telefone parou de chamar 
Eu: Nini, vem aqui em casa? 
Niall: Agora? 
Eu: Você está ocupado? 
Niall: Não. 
Eu: Então é agora. 
Niall: Mas já são onze da noite. 
Eu: Eu quero fazer agora! - falei do nada 
Niall: O que quer fazer agora? 
Eu: O que vimos adiando há seis meses. 
Niall: É o que eu estou pensando? 
Eu: Depende do que esta pensando. 
Niall: Aquilo? 
Eu: É! 
Niall: Eu já estou chegando ai. Tchau!
Eu: Tcha... - desligou 
Eu estou tentando me controlar. Respira... Inspira...Respira... Inspira...
Não sei porque estou tão nervosa, isso é normal várias pessoas fazem isso.
Ouvi a campainha. 
Não achei que ele seria tão rápido, chegar aqui em menos de dez minutos é o tempo record dele. Andei devagar até a porta, mantendo a respiração controlada. Abri a mesma e vi um Niall sorridente em minha frente.
Niall: Oi de novo amor. - selou nossos lábios 
Eu: Oi! 
Niall: E ai o que decidiu? - perguntou caminhando até a sala 
Eu: Eu quero perder a virgindade agora. - falei decidida
Niall: Tem certeza? Essa é uma decisão à ser tomada com calma, nada de precipitação.
Eu: Eu quero, só estou um pouco nervosa. 
Niall: Eu estou com você e não farei nada que você não queira. - me abraçou e beijou o topo da minha cabeça 
Eu: Obrigado. - apertei o abraço 
Niall: Olhe nos meus olhos... - ele nos afastou um pouco para que eu pudesse olhar aquelas íris azuis - Você esta pronta para esse passo importante?
Eu: Estou! 
Niall: Não quero que faça nada por mim, tem que ser por você. 
Eu: É por mim. 
Niall: Eu vou ir devagar ok? - apenas respondi com um aceno com a cabeça 
Niall começou a me beijar mais delicado que o normal, apertou minha cintura com uma mão e colocou a outra em minha nuca intensificando ainda mais nosso beijo. Depois de alguns segundos passou os beijos de meus lábios para o pescoço, sugando-o levemente.
Eu: Vamos para o quarto! - disse em meio a um suspiro 
Niall me pegou no colo e começou a subir as escadas, eu diria com um pouco de desespero, afinal passar seis meses se contentando apenas com as próprias mãos não deve ser fácil.
Ao chegarmos ao quarto, Niall fechou a porta com o pé e caminhou até a cama me colocando suavemente na mesma. 
Niall: Mais uma vez eu te pergunto, é isso que você quer? - me olhou nos olhos  
Eu: Já disse que sim. 
Niall: Que bom, por que mesmo que não quisesse, não teria mais como parar. - olhou para a própria calça e só ai notei sua ereção. 
Eu: Eu não vou parar   
Foi só eu acabar de dizer essas palavras que Niall tirou minha blusa e logo depois depositou beijos em meus seios ainda cobertos pelo sutiã. Ele se levantou, tirou a camisa e a propria calça exibindo sua boxer branca. Eu continuei deitada o olhando envergonhada apenas por vê-lo de cueca.
Niall voltou a se deitar por cima de mim e dessa vez seus beijos eram distribuidos em meu pescoço. Eu não sei exatamente o que fazer, então vou ficar na minha e ver o que acontece.
Eu ainda estou um pouco nervosa e não consigo parar de fitar o teto. Dei um suspiro profundo quando senti Niall sugar meu pescoço. 
Niall: Amor relaxa você está muito tensa. - beijou me queixo 
Eu: Ok. Vou tentar! - respirei fundo 
Niall desceu meu short e o jogou pelo quarto e puxou-me fazendo com que eu sentasse em seu colo. Coloquei minhas mãos em seu pescoço enquando o mesmo procurava o fecho do meu sutiã.
Eu: Nialler é aqui na frente. - o mostrei 
Niall: Eu já sabia. - disse desabotoando-o
Meu sutiã teve o mesmo destino me meu short, o chão do quarto. Niall me deitou novamente e puxou sem pressa minha calcinha pelas minhas pernas, em seguida tirando sua cueca.
Niall: Amor, você tem camisinha? - perguntou depois de checar seus bolsos da calça
Eu: No criado-mudo. - Porque uma virgem teria camisinha? Bom, sempre que visito meus pais, meu pai me dá uma. Talvez ele não quera ser avô tão cedo
Niall colocou a camisinha e voltou a ficar sobre mim. 
Niall: Isso pode doer um pouco, mas passa logo eu prometo. - me selou
Sentir seu membro na minha entrada e segundos depois ele estava me preenchendo, eu não senti dor, mas sim um incômodo. Acho que Niall notou na minha expressão e ficou parado para que eu me acostumasse. Ele não deixava de me olhar nos olhos, oq ue estava me deixando envergonhada.
Eu: Niall... 
Niall: Hum 
Eu: Pode ir... - disse em um sussurro 
Niall então começou com movimentos lentos, não posso negar que isso esta me proporcionando novos sentimentos, coisas que eu nunca senti antes.
Eu: Mais rápido... - murmurei em seu ouvido e o mesmo antendeu meu pedido - Vai Niall... - gemi
Niall: Geme meu nome de novo? - deu um risinho 
Eu: Niall... Niall... Niall... - gemi cada vez mais alto 
As estocada, Niall estava me levando a loucura, nunca achei que pudesse ser tão prazeroso. Ele entrava e saía de mim me fazendo arranhar suas costas, eu sentia como se fogos de artifício estourasse dentro de mim, talvez eu estivesse perto do meu orgasmo. Niall ia aumentando ainda mais os movimentos me fazendo gemer alto, até que sentir um alívio, Niall havia me feito gozar. Mais algumas estocadas e Niall caiu ao meu lado, tirou a camisinha e foi até o banheiro. Logo voltou e se deitou ao meu lado colocando minha  abeça em seu peito.
Niall: Isso foi... 
Eu: Maravilhoso. - disse antes dele  
Niall: Eu ia dizer gostoso, mas maravilhoso também serve. - acariciou minha cintura. Estavamos suados, cheirando a sexo e com a respiração acelerada.
Eu: Sabe... - levantei meu tronco para poder encara-lo - Eu quero de novo.
Niall: Tipo um segundo round?
Eu: Não hoje, amanhã depois da faculdade. - passei meus dedos sobre seu peitoral 
Niall: Eu vou estar a disposição. - sorriu 
Eu: Eu sei. - o selei - Vamos dormir, eu estou cansada e quero que chegue logo amanhã. - nos cobri com o cobertor e coloquei minha cabeça de volta em seu peito 
Niall: Boa noite amor! - beijou minha cabeça 
Eu: Boa noite Nini! 
E assim dormimos, nus e depois da minha primeira noite de sexo. Eu estou louca pra ter logo uma segunda. 


Oi Amores! Eu lembrei que tinha esse mini pela metade e resolvi terminar e postar pra vocês. Desculpa pelo conteúdo, esse é meu primeiro hot (que nem ficou tão hot). Foi bem calmo porque eu gosto de ver o Niall como um anjinho (o que uma tremenda ilusão). Dedico esse singelo mini a Carina (nossa linda leitora Mrs. Horan) e Dani. Carina por ser a garota do Horan e Dani porque ela esta muito safadianha últimamente. Bom é isso, não sei quando sai Girlfriend então até qualquer hora. Bjos!



Imagine Harry Styles | Forgive Me (Pedido)

em | 10 comentários:



Faz uma semana que eu não vejo o Harry, e com isso também faz uma semana que estamos brigados. Ele saiu com os meninos e no outro dia apareceu fotos dele com uma garota, e o mesmo a descreveu como amiga. Estava em todos os sites que ele me traiu, não que eu tenha acreditado, porém discutimos por causa disso um dia antes de ele sair para uma semana de shows em New York. 
Eu odeio brigar com o Harry, é como se uma parte de minha adormecesse e só acordasse com ele de bem comigo. 
Eu tentei ligar no celular dele, mas o mesmo não atendia, não sei se é por conta dos shows ou se ele está magoado. Eu falei da amiga dele como se fosse uma qualquer, talvez ele tenta ficado bravo com minha atitude. 
Acabei de chegar do trabalho e confesso que estou um pouco cansada, eu trabalho em um restaurante como chefe de cozinha passo muito tempo em pé, agora só quero tomar banho e relaxar. 
Assim joguei minha bolsa no sofá, reparei que havia um pequeno papel rosa colado na tela da televisão e eu tenho certeza que ele não estava ali quando eu sai. Caminhei até lá e peguei-o.
"Brigar com você é como assinar uma sentença de morte, é como pular de um abismo sem fim. -H" 
Sorri já sabendo de quem se tratava. Harry é sempre imprevisível.
Olhei a mesinha de centro e havia outro bilhete, só que dessa vez amarelo. 
"Espero que não esteja mais brava. Por favor vá até a cozinha. -H" 
Andei um pouco apressada até o outro cômodo da casa e vi na bancada um caixa de chocolate em forma de coração e continha mais um bilhete, com o papel azul.
"Você adoça a minha vida, agora eu vou adoçar a sua. ps. Suba as escadas -H 
Abri a caixa, peguei um chocolate e fui comendo em direção as escadas. Andei até a porta do nosso quarto e pude ver um papel vermelho colodo na mesma.
"Perdoa esse idiota que tanto te ama? Não sei se quer pensar em ficar sem você... Entre no quarto e responda a minha pergunta. -H" 
Eu não consigo ao menos conter meu sorriso, essa é uma prova de amor incrível, nunca pensei que ele faria algo assim para mim.
Parei meus pensamentos e entrei no quarto encontrando Harry com um buquê de rosas vermelhas, olhando para a porta. Sem falar uma palavra apenas me atirei em seus braços, braços ao qual pretendo nunca ficar afastada. Eu estava morrendo de saudade. 
Harry: Qual é a sua resposta? - perguntou depois de ficarmos um tempo abraçados 
Eu: Eu te amo! - segurei seu rosto - Não há nada para ser perdoado, não tem um culpado, nossa briga foi boba e sem sentido. - acariciei seu rosto 
Harry: Eu nunca te trocaria por ninguém porque eu te amo. - me selou 
Eu: Nem mesmo pela Angelina Jolie? - brinquei 
Harry: Ela não faz meu tipo. - deu de ombros - Então não. 
Eu: Porque não atendeu o celular?
Harry: Eu o perdi. - ri
Eu: Eu estava com saudade. - coloquei os braços em volta de seu pescoço 
Harry: Eu não estava nem um pouco. - disse andando ainda abraçado a mim, até a cama, onde caímos deitados um sobre o outro 
Eu: Não... Eu tenho que tomar um banho. - falei assim que ele me prendeu em seus braços 
Harry: Fica aqui só um pouquinho? - fez carinha de cachorro sem dono  
Eu: Depois que eu tomar banho nós podemos ficar juntos até você enjoar. - disse enrolando com o dedo uma mecha de seus longos cabelos 
Harry: Eu nunca vou enjoar de você... Nunca mesmo. - passou a ponta do nariz em meu rosto 
Eu: É você que está dizendo... Agora me libera, preciso de um banho. - tentei me soltar 
Harry: Só um pouquinho... 
Eu: Por favor! 
Harry: Esta bem, mas não demora ou eu vou te buscar. - me selou novamente, me deixando levantar
Eu: Não vai dar tempo nem de você sentir minha falta. - disse caminhando de costas até a porta do banheiro - Você jogou minhas rosas no chão? - fingi indignação 
Harry: Foi mal.  
Ri entrando no banheiro e com certeza eu não vou demorar, meu garoto está me esperando e quero passar mil anos deitada ao lado dele se for possível. Porque ele é tudo que eu preciso para viver bem e feliz.


Eu não sou muito boa em escrever coisas românticas e estou com esse pedido faz tempo.Eu pensei em varias coisas, mas só consegui escrever isso. Desculpa se não ficou como você queria Brenda (a dona do pedido). Então até Girlfriend.Bye!