Image Map

Imagine Zayn Malik | Chandelier (Hot)

em 27 de outubro de 2014 | 6 comentários:


Mais uma festa, por que será que não consigo me cansar?
As pessoas me ligam para se divertirem, quando querem se animar batem na minha porta.
Estou na festa mais esperada da semana, a festa do Styles. Esse cara dá uma das melhores festas da cidade, todos querem ser convidados, mas nem todos conseguem. Não posso dizer que somos amigos, nós dois ficamos uma vez, mais nada, e para ajudar estávamos bêbados.
Meu pior lance é com o amigo dele Zayn, sempre ficamos depois de festas, eu acho que estou o amando e me magoa saber que talvez no outro dia ele nem lembre. Mas o que eu estou dizendo garotas festeiras não se magoa, não sentem nada, eu devo estar pirando.
Caminhei até as bebidas e peguei um Martini, sentei em uma cadeira e olhei ao redor. Um número incontável de pessoas dançava ao som da musica eletrônica que estrondavam das caixas se som, alguns sozinhos e outros acompanhados.
De onde eu estava vi Zayn conversando animadamente com uma garota loira, ele não perde tempo, sempre tem companhia. Olhei para o lado esquerdo e Harry acenou para mim com um grande sorriso, tentei retribui, porém, acho que não deu muito certo.
Harry: Que bom que veio (Seu apelido), se divirta a casa é sua! - disse assim que se sentou ao meu lado
Eu: Obrigado Styles! - sorri - Você sabe que eu não perderia isso aqui por nada. –falei abrindo os braços 

Steal My Girl

em 24 de outubro de 2014 | Nenhum comentário:


O que acharam de Steal My Girl?

Eu amei, mesmo que não tenha nada a ver com a letra.


She's been my queen since we were sixteen
We want the same things
we dream the same dreams, alright, alright
I got it all cause she is the one
Her mom calls me love, her dad calls me son
Alright, alright


I know, I know, I know for sure


Everybody wanna steal my girl
Everybody wanna take her heart away
Couple billion in the whole wide world
Find another one cause she belongs to me 2x

Na na na na na na (oh yeah)
Na na na na na na (alright)
Na na na na na na

She belongs to me


Kisses that queen, her walk is so mean
And every jaw drops
When she's in those jeans
Alright, alright



I don't exist if I don't have her
The sun doesn't shine, the world doesn't turn
Alright, alright

But I know, I know, I know for sure 

(Chorus)


She knows, she knows
That I never let her down before
She knows, she knows
That I'm never gonna let them
Take her love away from me now

(Chorus)




Oi Sweeties! Eu fiquei um tempinho sem internet, mas, o problema já está resolvido. Ah ~suspiro~ o que falar sobre Steal My Girl? Mesmo não tendo nada do esperado, eu amei. Tem pessoas que não gostaram, esperavam mais... Eu sou exceção! Tenho um capitulo de Girlfriend pronto, mas eu não gostei muito de dele, na verdade nem um pouco. Espero voltar em breve... Até! 




Imagine Liam Payne

em 12 de outubro de 2014 | 2 comentários:



                                      “Leia ouvindo We Can’t Stop – Miley Cyrus”


Ele batia na porta, ele estava desesperado, sem forças, sem vida, por que tudo que ele tinha era ela, tudo que ele possuía, todos os seus bens, suas forças, tudo, tudo que ele tinha na vida se resumia em apenas um nome: SEUNOME.

- POR FAVOR! SEUNOME, POR FAVOR, ME DEIXE ENTRAR.                  

Parecia que ele derrubar a porta a qualquer momento, ele batia, ele gritava, ele xingava, chorava, ele fazia de tudo para aquela porta se abrir, mas, era em vão.
Ele começou a pensar no que fez no verão passado, quando ficou com todas aquelas meninas, quando ele bebeu, saiu de si. Lembrou quando Seunome entrou em casa e o viu no chão todo ensangüentado, lembrou de quando ela disse que iria embora e do quanto aquilo partiu seu coração.

- Seunome meu amor, me perdoa!

- Vá embora Liam! Eu ao quero vê você, vá embora antes que eu chame a policia.

- Você é a minha garota, eu não posso deixá-la, por que eu.... por que EU TE AMO, Seunome, EU TE AMO.

Ele colocou uma mão na parede e outra no rosto, ele não conseguia conter as lágrimas, na verdade ele não queria, ele queria chorar, e se ela não aceitasse, ele pensava em morrer.


Então a porta se abriu. O seu coração acelerou assim que ele olhou para ela. Os dois ficaram ali se olhando por um bom tempo, fazia frio, ventava e já era muito tarde.

- O que você disse?

Ela perguntou, colocando uma mecha do cabelo atrás da orelha e abaixando a cabeça. Ele deu um passo na direção dela, mais recuou imediatamente.

- Sei que nunca disse isso Seunome, mas, eu... EU TE AMO COMO NUNCA AMEI NINGUÉM!




-Liam...

Ela disse abaixando a cabeça.

- Você está me ouvindo querida?



- Se você diz que me ama, saiba que eu te amo muito mais.

- EU PRECISO DE VOCÊ, MAIS DO QUE VOCÊ PRECISA DE MIM! Sei que você pode entender o que eu digo, sei que errei, que fui um idiota, um tolo, pode me chamar do que você quiser, só não desista de mim, não desista de nós dois.

- Eu estou cansada... cansada de esperar voltar, cansada dos seus erros, cansada de tudo.

- Eu só quero chegar em casa, e senti o conforto dos seus braços, quero que você durma sobre o meu peito, quero te fazer cafuné, quero dizer para todos que você é a minha garota, a minha pequena menina.

Ele se aproximou dele e pegou em sua mão, ele hesitou, mais sabia que não podia resistir ao seu toque macio e quente, ao seu olhar intimidador e sedutor. Então ela a puxou e a beijou.

                               

Ele os levou para dentro da casa, fechando a porta com o pé. A puxou para mais perto de sim, e colocou mão em seu cabelo.

- Liam eu.. eu não posso!

- Shii...

Ele disse voltando a beijá-la, logo em seguida começou a tirar sua camisola e a puxou para seu colo, a mesma começou a arranhar suas costas, seus corpos estavam em sintonia, e naquele instante eles voltaram a pertencer um ao outro.

...


Ela estava deitada sobre seu peito, ele acariciava as costas dela, naquele momento parecia que todos os seus problemas haviam sumido, que todas as cicatrizes haviam se curado, que as folhas do outono voltaram a cair em seu tempo certo, que a neve voltava a cobrir o telhado das casas, que as flores da primavera ia se abrindo, que o mundo voltava a fazer sentido.

- Fiz uma coisa..

Ele levantou da cama e pegou algo que estava no bolso da sua calça, levou até sua amada e entregou a mesma. Ela abriu o papel e viu o que estava escrito.


Tarde da noite, espaços
Com todos os nossos amigos, você e eu, sim
Amor esses rostos                         
Assim como, como costumava ser
E nós não vamos estar indo para casa
Por tanto tempo, por tanto tempo
Mas eu sei que não vai ser por minha conta, em meu próprio
Estou me sentindo como
Agora
Eu queria que você estivesse aqui comigo
Porque agora
Tudo é novo para mim
Você sabe que eu não posso lutar contra o sentimento
E toda noite eu sinto que
Agora
Eu queria que você estivesse aqui comigo
E eu poderia fazer isso para sempre
E vamos enlouquecer juntos
As luzes se apagam
E eu ouço você me chamando, sim
Agora
Eu queria que você estivesse aqui comigo
Porque agora
Tudo é novo para mim
Você sabe que eu não posso lutar contra o sentimento
E toda noite eu sinto que
Agora
Eu queria que você estivesse aqui comigo



As lágrimas de Seunome caiam sobre aquele papel amassado e sujo, seu coração se apertou, ela sentia que não podia fazer aquilo que sua mente mandava, que era mandar Liam ir embora, seu coração dizia para ela o perdoar, dizia para ela deixar ele ficar. Mais ela sabia que ele já tinha prometido inúmeras coisas e que não havia cumprido nenhuma delas.

- Liam eu, eu... Eu não posso deixá-lo ficar aqui!

- Seunome...

Ele sussurrou.

- Não posso deixar você ficar aqui e acabar com o que resta de mim, com o que resta da minha vida.

-Eu preciso de você!

- E eu também, eu também preciso de mim Liam.

Eles se olharam por alguns segundos, até que Liam desviou o olhar.

- Então foi nossa ultima noite?

- Sim, eu sinto muito.

- Eu também.                  

- Eu só queria que as coisas fossem como antes Seunome, só queria chegar em casa com um pote de sorvete, sentar no sofá e ficar a noite toda assistindo seus filmes melosos e sem graça, e discuti com você por ter me feito perder a noite para vê aquele baboseira.

Ninguém disse nada por um bom tempo, até que Liam resolveu quebrar o silencio.

- Se me deixar sair por aquela porta, eu na vou voltar.

Seunome respirou fundo.

- Tudo bem.

Ele pegou suas roupas e as vestiu.

- Se cuida ta bem?

Ela assentiu positivamente com a cabeça e o viu sair da sala.

Liam saiu andando pela rua, sem rumo, sem direção, pois, agora ele não tinha nada. Seunome ficou ali sentada, chorando, lamentando, pois nunca construiria uma família ao lado daquele que tanto amava.

............................................................................................................................................................................


Hey sweets, eu to amando esse cabelo do Hazz, mdssss (gif) ... Eu estava ouvindo algumas musicas da Miley, e aí veio a idéia de fazer esse mini, espero que gostem, na minha opinião ficou bem mais ou menos. A musica que recomendei não tem muito haver com a historia, mais é uma musica muito boa, então .. Pera aí, eu não tenho que dá explicações pra vocês, só leiam ouvindo a música. 



Achei Steal My Girl o máximo, a voz do Lee do Zazz, mdsss, me segura mundo ... Então é isso, beijo na bunda do Louis, até mais cat’s.